Loading...
Acessos nessa página: 233

Siphonaptera

Siphonaptera (Pulgas)

Criado em: 27/7/2023 | Atualizado em: 28/7/2023: 16:02:25 | Não revisado |

A ordem Siphonaptera é composta por insetos conhecidos como pulgas. Esses insetos são ectoparasitas obrigatórios de aves e mamíferos, incluindo seres humanos. As pulgas têm uma notável capacidade de salto, o que lhes permite se mover rapidamente entre os hospedeiros, tornando-as eficientes na sua busca por sangue.

Características gerais da ordem Siphonaptera:
1. Adaptadas para parasitismo: As pulgas têm corpos achatados lateralmente, o que lhes permite se mover facilmente entre os pelos ou penas de seus hospedeiros.
2. Tubo alimentar perfurador: A boca das pulgas tem uma estrutura adaptada para perfurar a pele do hospedeiro e sugar o sangue.
3. Metamorfose completa: As pulgas passam por metamorfose completa, incluindo quatro estágios de desenvolvimento: ovo, larva, pupa e adulto.

Importância para a humanidade:

As pulgas têm importância para a humanidade principalmente como vetores de doenças. Elas podem transmitir agentes patogênicos, como vírus, bactérias e protozoários, entre animais e humanos. Algumas das doenças transmitidas por pulgas incluem a peste bubônica, transmitida principalmente por pulgas de ratos, e o tifo murino, transmitido por pulgas de roedores. Além disso, as picadas de pulgas podem causar irritação, coceira e alergias em humanos e animais.

Famílias e número de espécies:
A ordem Siphonaptera é relativamente pequena, composta por cerca de 2.500 espécies descritas. Algumas das famílias de pulgas incluem:

1. Pulicidae - Pulgas comuns em mamíferos, incluindo humanos e animais domésticos.
2. Ceratophyllidae - Pulgas encontradas principalmente em roedores.
3. Ischnopsyllidae - Pulgas associadas a morcegos.
4. Tungidae - Conhecidas como pulgas-de-areia, são associadas a ambientes arenosos e podem parasitar humanos.

Referências

LECLERCQ, M. P., THOMAS, P. A. A Colour Atlas of Medical Entomology. Manson Publishing Ltd., 2008. ISBN: 978-1840760726.

MARSHALL, A. G. The Ecology of Ectoparasitic Insects. Academic Press, 1981. ISBN: 978-0124733505.


Versão e-Insetos: 1.1.218.2308 - U: 1979 - Atualização (06/08/2023)